II Domingo do Advento

Leituras: Is 11,1-10; Sl 71(72); Rm 15,4-9; Mt 13,1-12

POESIA

O SENHOR NOS ENDIREITA

Na boca de João Batista,
A profecia é proclamada,
O Povo quer uma mudança,
Com um olhar na nova estrada
Todos buscam a conversão,
Muda a vida e a direção,
Numa atitude endireitada.

João Batista o precursor,
Vida de simplicidade,
Veste pele de camelo,
Vive fora da cidade,
Anuncia o Salvador,
Com força e grande vigor,
A atitude e a lealdade.

João foi apresentador,
Do Messias esperado,
Preparou a Israel,
Pra acolher Deus encarnado,
Voz que clama no deserto,
Dizendo que está perto,
O Filho de divino amado.

Soa também hoje em dia,
A voz de João Precursor
Nos recantos deste mundo,
Que precisa de amor,
Cristo deve ser acolhido,
Ele o Santo e ungido,
Príncipe da Paz e Senhor.

Olhemos nossos caminhos,
Que precisam endireitar,
Se algo há em descontrole,
Que nos vem desordenar,
Cristo traz a perfeição,
É misericórdia e perdão,
Pra quem quer recomeçar.

Nós todos somos chamados,
A também anunciar,
A vinda de Jesus Cristo,
Que conosco quer morar,
Pra trazer paz e harmonia
Na vida de cada dia,
E a que a todos vem salvar.

Quando damos testemunho
Da vida em simplicidade,
Deixando que Cristo apareça,
Na Palavra e na verdade
Somos também precursores,
Discípulos e anunciadores,
Da paz e fraternidade.

Em cada celebração,
Jesus vem nos encontrar,
Trazendo a sua Palavra
Para nos orientar,
Quer rever nossos caminhos,
Tem amor e tem carinho,
Para nos endireitar.

Também na Eucaristia,
Vem dar força pra missão,
Nos dias de nossas vidas,
Na partilha com os irmãos,
Pois para viver o Natal,
O que é mais fundamental,
E viver a comunhão.

HOMILIA

O Senhor endireita nossos caminhos

PPPPPEstamos na segunda semana do Advento. Na celebração, mais uma vela é acessa para sinalizar a luz de Deus na dinâmica da nossa caminhada espiritual rumo à celebração ao Natal do Senhor. No nosso dia-a-dia, muitas outras luzes brilham e fazem o colorido das lojas, das praças e de nossas casas. Os presépios também são erguidos em diversos lugares, não somente na Igreja, mas é preciso contemplá-lo sempre como um símbolo da encarnação de nosso Salvador. O Cristo que veio na história, que nasceu em Belém e que foi anunciado pelos profetas.

PPPPPA Palavra de Deus nos apresenta, no evangelho de Mateus, o último dos profetas antes de Cristo, aquele que vivia no deserto, distante da cidade e que tinha um estilo de vida diferente das pessoas comuns. Sua postura e modo de viver era original: suas vestes eram de pele de camelo e seu alimento era gafanhotos e mel silvestre (cf. Mt 3,4). E da sua boca soava a mensagem para as pessoas que o ouviam naquele deserto: “Convertei-vos porque o Reino dos Céus está próximo. João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse: ‘Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas!’” (Mt 3,2-3).

PPPPPA mensagem de João Batista era de denúncia contra os pecados do povo e dos poderosos de sua época. O batismo dele era em virtude da conversão, mudança de vida pessoal em preparação à acolhido do Messias. Sua vida era de humildade diante do Cristo que estava chegando. Ele falava: “Aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu. (…) Ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo.” (Mt 3,11).

PPPPPEsta mensagem vem para nós hoje, povo de Deus, que espera celebrar o Natal. A cada ano temos à oportunidade de dá uma endireitada em nossas vidas, rever os nossos percursos, nossas atitudes, nossos projetos, intenções e práticas, como cristãos batizados no fogo do Espírito Santo.

PPPPPMotivados pelas palavras do Batista, vamos abraçando a cada dia o Batismo de Jesus, deixando-nos guiar pelo seu Espírito que nos coloca inseridos na dinâmica da Salvação. É preciso que Cristo cresça em nós para sermos discípulos do Reino e precursores de Cristo que poderá chegar aos corações das pessoas.

PPPPPVivendo em Cristo iremos caminhar como discípulos no mundo, para endireitar as situações de injustiças e mortes que invadem a vida de tantos humanos, que destrói a criação de Deus e entortam tantas realidades do plano do Reino de Deus.

PPPPPO Nascimento de Jesus é a concretização da profecia que Isaías anunciou, 700 anos antes de João Batista. O salvador esperado pelo povo de Israel nasce do tronco de Jessé, pai do rei Davi. A família Sagrada é da descendência de Davi. De Maria e do seu sim, nascerá o menino Salvador. José será o esposo santo que ajudará Maria na missão de apresentar Jesus ao mundo, mesmo em meio a perseguições e fugas para o Egito, o livrando da tirania de Herodes.

PPPPPSobre Cristo pousará o Espírito de Deus: Espírito de sabedoria, inteligência, conselho, fortaleza, conhecimento e temor de Deus. Ele julgará os fracos com justiça, dará sentenças retas aos pobres da terra… (cf. Is 11,2.4). A presença de Jesus na Galileia é a concretização da pregação de Isaías que pela sua mensagem de esperança sustentou a caminhada do seu povo até chegar o Messias de Deus.

PPPPPO Natal acontecerá quando Espírito de Deus, anunciado por Isaías, invadir os corações das pessoas. Quando as injustiças, os preconceitos e a discriminação forem substituídos pela justiça, acolhimento e dignidade humana. Quando os pobres forem respeitados e acolhidos com seus direitos e necessidades. Quando a comunhão e a paz estiverem presentes nas comunidades humanas e a exploração e a ganância forem vencidas pelo bem que vem de Deus.

PPPPPMeditemos nas palavras de João Batista: Preparai o caminho do Senhor, endireitem suas veredas. É preciso que mergulhemos em nós mesmos para uma autoavaliação de nossas atitudes. Cristo vem a nós a cada momento para renascer em nossos corações os mesmos sentimentos dele. Para sermos anunciadores, primeiro temos que acolher Jesus em nossas vidas. Temos que deixar a luz iluminar nossos cominhos, transformando nossas estradas e aplainando o chão de nosso existir.

PPPPPSão Paulo, na segunda leitura, nos aconselha: “Acolham uns aos outros como Cristo acolheu vocês, para a Glória de Deus.” (Rm 15,7). Acolher o irmão é acolher o próprio Jesus. Este é o caminho de nossa fé cristã. Ele é marcado pela caridade e pelo cuidado para com as coisas de Deus. A criação e todos nós são coisas de Deus.

PPPPPO Advento nos motiva a ficarmos mais sensíveis ao acolhimento e a caridade para com a natureza, para com nossos irmãos e irmãs. Precisamos rever o nosso cuidado ao outro, precisamos endireitar nossas relações de comunidade cristã na prática da comunhão. Faz necessário propagar para o mundo nossa luz de cristãos e nossa convicção de discípulos missionários de Cristo em favor do anúncio do bem e da paz entre as nações. Eis a nossa missão!

Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Belas palavras somente o Senhor para nos mostrar o caminho verdade e vida.

  2. Sempre claro e atual nas suas mensagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.